14/05/2016 às 00h00min - Atualizada em 14/05/2016 às 00h00min

Massa e Nasr são eliminados cedo, e Hamilton faz pole para GP da Espanha

Brasileiros largarão em 18º e 20º. Inglês voa baixo, crava 1m22s000 e não dá chance para Rosberg. Verstappen assombra com RBR, mas Ricciardo se impõe no fim e é 3º

Por GloboEsporte.com Barcelona, Espanha

Por GloboEsporte.com Barcelona, Espanha

Q1 - 18 MINUTOS / 6 PILOTOS ELIMINADOSQ2 - 15 MINUTOS / 6 PILOTOS ELIMINADOSQ3 - 12 MINUTOS / 10 PILOTOS DISPUTAM A POLE
O treino classificatório para o GP da Espanha acabou muito cedo para os brasileiros. Felipe Massa e Felipe Nasr foram eliminados logo no Q1, primeira parte da sessão disputada neste sábado no Circuito de Barcelona-Catalunha, e terão que largar em 18º e 20º, respectivamente. A pole position ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes, com o tempo de 1m22s000, seguido pelo companheiro Nico Rosberg. Daniel Ricciardo ficou em terceiro, logo à frente do novo parceiro de RBR, Max Verstappen. A dupla da Ferrari, Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, veio a seguir. 
A TV Globo transmite o GP da Espanha ao vivo neste domingo, às 9h (de Brasília)
Felipe Massa após ser eliminado no Q1 do treino classificatório para o GP da Espanha (Foto: Reprodução)
Felipe Massa após ser eliminado no Q1 do treino classificatório para o GP da Espanha (Foto: Reprodução)
Se o resultado de Nasr já era esperado em razão das limitações do carro da Sauber, a grande surpresa negativa ficou por conta da queda precoce do veterano da Williams. Visando poupar pneus, a escuderia inglesa voltou a esperar os minutos finais para liberar seus pilotos, mas se atrapalhou e mandou Massa para a pista restando apenas 1m24s para o fim do Q1. Com um tempo tão apertado, o brasileiro não teve chances de abrir volta rápida, foi empurrado para a zona de eliminação e não teve uma nova chance de se classificar para o Q2. Seu parceiro de Valtteri Bottas ~saiu mais cedo dos boxes, participou do treino normalmente e terminou em sétimo.

- Foi uma pena o que aconteceu. Não tivemos tempo para abrir nova volta. Foi realmente frustrante. Tráfego acontece, mas precisamos ter um pouco mais de margem - lamentou Massa.
Lá na frente do grid, no duelo particular entre a dupla da Mercedes pelo 1º lugar do grid de largada,  Hamilton levou a melhor sobre Rosberg e anotou sua terceira pole position no ano. Com um ritmo muito forte, o britânico cravou 1m22s000 e não deu chance para o alemão, que ficou com a segunda posição, com 1m22s280. 
FÁBIO SEIXAS: Foi um dos grandes sábados do ano na Fórmula 1
Lewis Hamilton é pole position para o GP da Espanha (Foto: Reuters)
Lewis Hamilton é pole position para o GP da Espanha (Foto: Reuters)
Em seu primeiro fim de semana na RBR após trocar de lugar com Daniil Kvyat, o prodígio Max Verstappen, de apenas 18 anos, vinha assombrando o circo da F1 ao bater o companheiro Daniel Ricciardo no Q1 e no Q2. Mas "na hora da verdade", a experiência do australiano falou mais alto. Focado para não ser ofuscado pelo novato, o "aussie" se impôs com um expressivo 1m22s680, ficando com a terceira posição e comemorou como se tivesse feito a pole. O holandês, por sua vez, ficou em quarto, com 1m23s087.
Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo GP da Espanha Fórmula 1 2016 (Foto: Getty Images)
Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo GP da Espanha Fórmula 1 2016 (Foto: Getty Images)
Já a Ferrari, que nos treinos livres deu sinais de estar mais próxima das Flechas de Prata, acabou a classificação atrás dos carros da RBR. Kimi Raikkonen ficou em quinto, com 1m23s113, e Sebastian Vettel, em sexto, com 1m23s334. Valtteri Bottas (Williams) e Sergio Pérez (Force India) vieram na sequência. Fernando Alonso (McLaren) avançou ao Q3 pela primeira vez no ano e ficou em 9º.  Carlos Sainz (STR) completou o top 10. De volta para a STR após dar lugar para Verstappen na RBR, Daniil Kvyat ficou apenas em 13º, atrás de seu novo parceiro de time.

Q1 - 18 MINUTOS / 6 PILOTOS ELIMINADOS
A primeira parte do treino classificatório marcou a eliminação dos dois pilotos brasileiros. A surpresa ficou por conta da queda precoce de Felipe Massa, apesar da Williams ser a quarta força do grid. O veterano ficou em 18º, enquanto os 16 primeiros avançavam para o Q2. Felipe Nasr, por sua vez, ficou em 20º, logo atrás de seu companheiro de equipe, Marcus Ericcson. Também saíram: Jolyon Palmer, Pascal Wehrlein e Rio Haryanto. O mais rápido do Q1 foi Nico Rosberg, com 1m23s002, seguido de Lewis Hamilton. O destaque ficou por conta de Max Verstappen, em terceiro, à frente do parceiro, Daniel Ricciardo. A Ferrari, por sua vez, ficou atrás da RBR.

Eliminados no Q1:
17º - Jolyon Palmer (Renault)
18º - Felipe Massa (Williams)
19º - Marcus Ericsson (Sauber)
20º - Felipe Nasr (Sauber)
21º - Pascal Wehrlein (Manor)
22º - Rio Haryanto (Manor)
Q2 - 15 MINUTOS / 6 PILOTOS ELIMINADOS
Lewis Hamilton resolveu pisar fundo no Q2 e cravou 1m22s159, seis décimos mais rápido que Rosberg. Verstappen voltou a se destacar. Mesmo usando um jogo de pneus a menos que Ricciardo, o holandês fez o terceiro melhor tempo, contra o quinto do australiano. Raikkonen avançou para o Q3 em 4º. Vettel, Pérez, Bottas, Sainz e Alonso garantiram as demais vagas na superpole. Já Hulkenberg, Button, Kvyat, Grosjean, Magnussen e Gutiérrez ficaram pelo caminho.
Eliminados no Q2:
11º - Nico Hulkenberg (Force India)
12º - Jenson Button (McLaren)
13º - Daniil Kvyat (RBR)
14º - Romain Grosjean (Haas)
15º - Kevin Magnussen (Renault)
16º - Esteban Gutiérrez (Haas)
Q3 - 12 MINUTOS / 10 PILOTOS DISPUTAM A POLE
No duelo particular pela pole, Hamilton e Rosberg foram os primeiros a deixarem os boxes no Q3. Em sua primeira volta rápida, o inglês vinha fazendo as duas melhores parciais do treino, mas errou um ponto de freada no último setor, travou o pneu e virou alto: 1m23s277. O alemão, por sua vez, marcou 1m22s475 e assumiu a primeira posição provisoriamente. Verstappen anotou 1m23s203 e se intrometeu entre as Mercedes. Vettel e Raikkonen apareciam em quarto e quinto, enquanto os demais pilotos preferiram poupar um jogo de pneu e sair só nos minutos finais.

Restando dois minutos para o fim do treino, todos os dez pilotos classificados para o Q3 foram para a pista para suas últimas tentativas. Hamilton voltou a pisar fundo e anotar as duas melhores primeiras parciais. Dessa vez sem errar no último setor, o britânico cravou 1m22s000 e tomou a ponta. Vindo a seguir, Rosberg foi incapaz de bater o inglês, e ficou em segundo, com 1m22s280.

Após ser ofuscado por Verstappen no Q1 e no Q2, Ricciardo se impôs quando realmente valia e ficou à frente do holandês. O australiano ficou muito próximo da Mercedes ao marcar 1m22s680, enquanto seu novo parceiro de RBR ficou em quarto com 1m23s087. Raikkonen ficou à frente de Vettel, enquanto Bottas, Pérez, Alonso e Sainz fecharam o top 10.
Resultado do Q3:
1º - Lewis Hamilton (Mercedes)
2º - Nico Rosberg (Mercedes)
3º - Daniel Ricciardo (RBR)
4º - Max Verstappen (RBR)
5º - Kimi Raikkonen (Ferrari)
6º - Sebastian Vettel (Ferrari)
7º - Valtteri Bottas (Williams)
8º - Sergio Pérez (Force India)
9º - Fernando Alonso (McLaren)
10º - Carlos Sainz (STR)

Link
Tags »
Massa e Nasr são eliminados cedo e Hamilton faz pole para GP da Espanha
Notícias Relacionadas »
Comentários »